DICAS E NOTÍCIAS

Acompanhe as novidades

  • 11 de março de 2019

5 erros comuns na hora de comprar o ar-condicionado

O ar-condicionado tornou-se um item essencial na vida dos brasileiros, devido ao aumento na média das temperaturas. Contudo, quem quer climatizar um a casa ou empresa, precisa tomar alguns cuidados na hora de comprar seu aparelho.

1. Dimensionar mal o seu ar-condicionado

Para quem não sabe, a potência de um aparelho de ar condicionado é medida em BTU, British Termic Units. Essa é a unidade de medida que representa a capacidade de um aparelho refrigerar ou aquecer um ambiente.

O primeiro e principal erro cometido na hora de comprar um ar-condicionado é dimensionar mal a quantidade de BTU/h necessárias para climatizar o local de instalação. Se você comprar um aparelho mais potente, pode acabar baixando demais as temperaturas e se sentindo desconfortável, enquanto que um mais fraco não será capaz de garantir os níveis de temperatura que você deseja.

2. Não pensar no local em que o ar-condicionado será instalado

O ideal é que o ar-condicionado fique em uma área sombreada e bem arejada. Isso porque, do contrário, o calor pode acabar esquentando o aparelho e fazê-lo consumir mais energia.

Além disso, no caso dos aparelhos de janela e dos Split é preciso cuidado com a orientação sobre alterações na fachada do imóvel. 

Prédios geralmente possuem regras que limitam as mudanças que podem ser feitas em suas fachadas, por isso é necessário estar atento a elas antes que você decida pela compra.

3. Não checar a rede elétrica antes da compra

Geralmente, os aparelhos de ar condicionado possuem uma alimentação de 220v. Sendo assim, sua rede elétrica deve suportar esse tipo de alimentação para que o aparelho funcione.

Se esse não for o caso, corre-se o risco de que o aparelho não trabalhe corretamente ou, até mesmo, que ele queime. Por isso, é importante checar a rede antes de comprar seu ar-condicionado. O ideal é que ela seja verificada por um profissional, como um eletricista.

4. Fazer a escolha pensando no preço e não nos benefícios

Outro grande problema é escolher um modelo de ar-condicionado por ser o mais barato e não por apresentar os melhores benefícios. É aquele velho ditado: “o barato pode acabar saindo caro” se você optar por olhar somente o preço.

Basta pensar que modelos de ar condicionado como os Split Inverter, por exemplo, possuem uma eficiência energética muito maior do que os modelos de janela, consumindo até 60% menos de energia do que esses. Ou seja, você paga mais caro na aquisição, mas ganha em economia depois.

5. Não pensar onde o aparelho ficará localizado internamente

O ar-condicionado não é um aparelho de decoração. Contudo, muitos consumidores ficam preocupados demais em “escondê-lo” dentro de casa, por questões estéticas, e acabam se esquecendo de que o aparelho precisa de condições mínimas para ter o melhor desempenho.

Colocar móveis ou cortinas na frente do aparelho pode atrapalhar a circulação do ar, o que, por consequência, compromete a capacidade de refrigeração do ar-condicionado. Por isso, pense bem onde será feita a instalação antes mesmo de fazer sua compra.

Aprenda com os erros cometidos por outros e evite problemas na hora de fazer a aquisição do seu ar-condicionado!

E se ficar com alguma dúvida, entre em contato que estamos prontos para lhe ajudar!

 


Casa do Ar • Engenharia

A Casa do Ar Engenharia está presente no mercado brasileiro a mais de 15 anos e é lider no que se refere a Engenharia de Ar Condicionado com realização de Serviços de Engenharia de Ar Condicionado e Manutenções Contratuais de Sistemas de Ar Condicionado, Sistemas de Exaustão, Sistemas de Renovação de Ar e Sistemas de Pressurização de Escadas.

Endereço:

Av. Cardeal da Silva, 12, Rio Vermelho, Salvador-BA

COMERCIAL OBRAS:
71 98111.1050 • 3205.2030
MANUTENÇÃO CONTRATUAL:
71 98111.1050 • 3205.2030
SAC E VENDA DE PEÇAS:
71 98204.8168 • 3205.2012
© All Rights Casa do Ar Engenharia de Ar Condicionado